Renan Nabeshima

Jornalista

Location icon Brazil

Renan Nabeshima, 23 anos. Formado em Comunicação Social e Jornalismo pela Universidade Metodista de São Paulo em dezembro de 2017

Portfolio
Globoesporte
10/21/2019
A reviravolta de Andy Murray: do quadril de metal ao retorno campeão às quadras

Há nove meses, as mãos que erguem o troféu na Antuérpia não conseguiam amarrar os calçados sem que as dores do quadril reaparecessem. Ver Andy Murray saudável em quadra já era uma ótima notícia, agora complementada pela conquista na Bélgica. A superação do britânico foi coroada neste domingo por uma das conquistas mais especiais da carreira do ex-número 1.

Globoesporte
11/17/2019
Stefanos Clutch Tsitsipas

De Milão a Londres. A evolução de Stefanos Tsitsipas em 2019 credenciou o jovem grego a trocar o Next Gen Finals, torneio que reúne os oito tenistas mais bem ranqueados até 21 anos de idade, pela competição de gente grande. O garoto subiu da 15ª para a 6ª posição em um torneio e chegou ao ATP Finals.

Globoesporte
12/01/2019
Dedicação no sangue: sobrinho de Meligeni vence pré-quali e conquista vaga no Rio Open 2020

Rotina diária de treinamentos, viagens desgastantes e a dedicação solitária que um esporte individual exige. Campeão da Maria Esther Bueno Cup 2019 e garantido na chave principal do Rio Open 2020, Felipe Meligeni escolheu pagar o preço de ser tenista profissional ao embarcar como 947º colocado do ranking da ATP para treinar na Espanha no final de 2017.

Globoesporte
06/09/2019
Dúzia de mordidas e uma fome insaciável

Uma dúzia. Em mais de terço dos 33 anos de vida, Rafael Nadal repetiu o gesto que o consagrou como o responsável pela maior supremacia que o mundo do tênis já presenciou: levantar o troféu de Roland Garros. Em uma modalidade individual e tão dinâmica, a façanha do espanhol se torna ainda mais espetacular.

Globoesporte
07/14/2019
O desfecho que o tênis não estava preparado para ver

Um viciado em vencer. A obstinação de Novak Djokovic pelos títulos foi colocada à prova mais uma vez. O homem que dominou o circuito semanalmente no último ano foi exigido ao máximo por Roger Federer. A resiliência do sérvio, de novo, prevaleceu.

Globoesporte
09/09/2019
Tetra no US Open é recompensa pela reinvenção de Nadal

O quarto título de Rafael Nadal no US Open premia um especialista em se adaptar às adversidades. Se aos 33 anos os joelhos do espanhol já não aguentam a intensidade semanal de outrora, a mentalidade vencedora e a inteligência tática do agora 19 vezes campeão de Grand Slam seguiram intactas em Nova York.