Angélica Prieto

Jornalista | Estudante da Escola de Atores Wolf Maya

Location icon Brasil e Portugal

Frequenta o curso profissionalizante da Escola de Atores Wolf Maya. Entre 2012 e 2016, trabalhou no Canal Superior, um canal televisivo direcionado para os estudantes do Ensino Superior, que além de reportagens vídeo (online e televisão) produz notícias online. Em novembro de 2014, depois de ter sido selecionada pelo programa Beyond Your World, esteve no Complexo da Maré – o maior aglomerado de favelas do Rio de Janeiro. O projeto resultou numa grande reportagem multimédia, bem como num artigo escrito. Licenciou-se, no ano de 2012, em Ciências da Comunicação, vertente Jornalismo, pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto, tendo frequentando a Universidade de Zaragoza, em Espanha, ao abrigo do programa de intercâmbio Erasmus. Estagiou na Rádio Renascença, em Lisboa e no Porto, tanto na secção online como na webtv (V+). Fala, escreve e interpreta conteúdos de língua portuguesa e também inglesa. Tem 25 anos. Nasceu em Coimbra, já morou em Zaragoza, no Porto, em Lisboa e reside, atualmente, em São Paulo.

Portfolio
Jornal Expresso
02/26/2016
Temos de acabar com essa história de gueto, de favela, de cidade partida

No início era apenas água. Depois chegaram os primeiros homens e mulheres e espetaram estacas de madeira que foram conquistando terreno ao mar. Dos poucos se fizeram muitos e com o passar dos anos a comunidade foi ganhando dimensão e um nome natural: Maré. Hoje em dia é um dos maiores complexos de favelas do Rio de Janeiro, a norte da cidade e junto à baía de Guanabara, e uma das zonas que o governo procura a todo o custo pacificar antes dos Jogos Olímpicos, que vão decorrer em Agosto. O...

Jornal I
03/07/2015
Complexo da Maré. A rotina dos tiros no rodopio das favelas

Mais de 130 mil pessoas fazem o dia-a-dia do Complexo da Maré, na zona norte do Rio de Janeiro. A azáfama é a mesma de uma cidade, dos gritos do comerciante à buzina do mototáxi. Mas entre os habitantes das 16 favelas estão soldados em camiões e jovens do tráfico a vigiar o entra e sai deste bocado de terra que um dia pertenceu ao mar.

Canal Superior
Brasil: É preciso passar de uma geração alfabetizada a uma geração diplomada

"Dar condições àqueles que são mais desfavorecidos para que possam ter lugar numa universidade pública de qualidade". Para Tânia Pereira este é o "grande desafio" dos próximos quatro anos para o Partido dos Trabalhadores (PT), que saiu vencedor no último domingo nas eleições presidenciais do Brasil.

Canal Superior
Estudantes brasileiros saem hoje à rua em Portugal

Porque a "Democracia não tem fronteiras" , as ruas de Portugal são hoje invadidas, a partir das 17 horas, por estudantes brasileiros num protesto pacífico de apoio às manifestações que têm ocorrido no Brasil, nos últimos dias. , e são três das cidades com ações marcadas.

Canal Superior
09/07/2015
Aquecem-se as mãos, afina-se o pianista

O piano fez-lhe bem às mãos. Mesmo sem o saber. Diogo estuda piano há dez anos. Aos dilemas de um rapaz de 15 somam-se os contratempos de uma «doença invisível», de nome Charcot Marie Tooth. Para aliviar os sintomas desta doença degenerativa e sem cura, um grupo de estudantes do Técnico criou um par de bolsos térmicos à medida de Diogo.

Canal Superior
O 1º ano de um recém-licenciado... em Direito

Que desafios encontra no terreno um recém-licenciado? Rita Pinto é a primeira a responder à questão colocada pelo Canal Superior. Formou-se em Direito pela Universidade do Porto, no ano passado, obteve a melhor média e está hoje a estagiar numa das maiores sociedades de advogados do país.

Canal Superior
Os bits do Chuckie Egg vão fazer-se ouvir no primeiro museu de consolas português

Consolas, máquinas arcade, discos de vinil e walkmans são algumas das relíquias da geração de 80 e 90 que vão estar expostas no "The Games Detective Museum". Este vai ser o primeiro museu de consolas de Portugal, mas o espaço não será "só para velhos". A ideia é também inspirar a nova geração de gamers.

Canal Superior
Preço do certificado de habilitações pode ir dos 10 aos 200 euros

O Canal Superior consultou a tabela de taxas e emolumentos de várias instituições de Ensino Superior público e privado para saber quanto cobram por um certificado de habilitações. Documento que, independentemente da instituição que o emita, tem a mesma função: atestar as qualificações académicas de um estudante.

Canal Superior
08/05/2015
Jovem portuguesa quer levar mais "amor" a uma das maiores favelas do mundo

Marta Baeta tem 26 anos e é voluntária em Kibera, no Quénia. Em 2012, a jovem lançou o «From Kibera With Love». Mais de 60 crianças e jovens podem hoje estudar e ter uma refeição graças ao projeto. Este verão, com o acumulo de trabalho, Marta chamou reforços.

Canal Superior
07/04/2016
Playground Love: Estudante da FEP constrói parque para crianças refugiadas

Uma gangorra, um baloiço com almofadas e um campo de futebol. Vera Morgado vai fazer com que isto e muito mais tenha espaço na sua bagagem para a Turquia. A estudante da Faculdade de Economia da Universidade do Porto (FEP) arrecadou 4.900 euros para construir um parque infantil no campo de refugiados de Mardin.

Canal Superior
Estudantes do Porto podem dizer adeus ao Andante?

No Porto, o Andante poderá deixar de ser um objeto obrigatório na mala dos estudantes. A Câmara Municipal vai testar um sistema de bilhetes de transporte virtuais. "Trata-se de uma solução tecnológica que fará com que, no futuro próximo, deixemos de precisar de ter um cartão para poder viajar no metro e nos autocarros da STCP", refere o portal de notícias da Câmara Municipal do Porto.

Canal Superior
42.068 colocados no Superior. Número mais alto desde 2011

Dos 50.555 candidatos à 1ª fase do Concurso Nacional de Acesso ao Ensino Superior, 42.068 obtiveram colocação. Mais 4290 alunos conseguiram um lugar no Ensino Superior do que no ano letivo passado - um aumento de 11,4%. Trata-se do número mais alto desde 2011 - ano em que 42.243 alunos foram colocados.

Renascença Online
07/18/2012
O emprego ali ao lado

Têm entre 25 e 31 anos, são licenciados, mas trabalham fora da área de formação. São portugueses que, apesar das previsões cinzentas, estão a conseguir ter sucesso. Numa altura em que o desemprego jovem subiu quase 30% desde Maio do ano passado, estas são três histórias de quem tenta inverter as estatísticas.

Linkedin icon